R. Rio Grande do Sul, 605 - Anita Garibaldi, Joinville - SC, 89203-570, Brasil

Photo by Jossuha Théophile

Quais as diferenças entre Ocultismo, Paranormalidade, Parapsicologia Sistêmica, Percepção Sistêmica e Campo Morfogenético

Facebook
LinkedIn
Email
WhatsApp

Ocultismo e paranormalidade são temas que despertam muito interesse, mas muitas vezes são tratados de forma superficial e sem uma compreensão mais profunda. No entanto, há uma confusão que liga os termos Paranormalidade e Parapsicologia aos mesmos conceitos, o que é um equívoco.

O ocultismo é a crença na ação ou influência dos poderes sobrenaturais ou supranormais, enquanto a paranormalidade descreve uma série de fenômenos que supostamente são alheios ao conhecimento científico e que são definidos como fenômenos paranormais – PSI. Por outro lado, a Parapsicologia pode ser definida como a ciência que investiga a consciência e a evolução do ser sob os aspectos integrais, que se referem aos atributos ou qualidades do ser, como amor, ética cósmica maior, relacionamentos evolutivos, pendências e tudo o que engloba o ser integral.

O objeto da Parapsicologia é a comprovação e a análise dos fenômenos paranormais, à primeira vista inexplicáveis, mas que apresentam a possibilidade de serem resultados das faculdades humanas, como a telepatia, por exemplo. No entanto, a paranormalidade muitas vezes envolve questões mais amplas que estão no escopo do sistema familiar de uma pessoa.

Quando olhamos para a paranormalidade sob a ótica da Parapsicologia Sistêmica (Terapia sistêmica), podemos ver que esses fenômenos poderão estar relacionados com as dinâmicas familiares ocultas vividas por antepassados de uma família. Em muitos casos, isso traz para a vida de uma pessoa emaranhados, intricamentos e identificações (ressonância limitante) que vão produzir doenças, fracassos e conflitos internos. Em outros casos, as dinâmicas familiares ocultas poderão trazer sistemas de crenças e padrões comportamentais que se repetem ao longo da vida (ocultismo), e que são passados para outras gerações. Por exemplo, uma crença forte em espíritos e entidades sobrenaturais pode estar relacionada a uma dinâmica familiar de exclusão de algum membro da família, que morreu amaldiçoando a família. Esta exclusão também pode estar relacionada a um antepassado assassino.

Dentro da ótica da Parapsicologia Sistêmica, quando há na família um antepassado que matou, isso vai gerar a energia do assassino (ressonância), que em consequência trará psicopatologias para muitos descendentes, como a esquizofrenia. A esquizofrenia pode produzir surtos psicóticos relacionados à visão de espíritos. Da mesma forma, fenômenos paranormais como a telepatia e a clarividência podem ser explicados como sendo resultado de laços sistêmicos mais profundos, que permitem a comunicação entre os membros de uma família, mesmo à distância.

Para aqueles interessados em aprender mais sobre ocultismo, paranormalidade, parapsicologia sistêmica, percepção sistêmica e campo morfogenético, é importante entender a diferença entre esses termos e como eles se relacionam.

O ocultismo é a crença em poderes sobrenaturais ou supranormais, enquanto a paranormalidade descreve fenômenos que são considerados paranormais, ou seja, que não são explicados pela ciência.

A parapsicologia é uma ciência que estuda a consciência e a evolução do ser, incluindo a análise dos fenômenos paranormais. No entanto, a paranormalidade pode estar relacionada a dinâmicas familiares ocultas que afetam a vida de uma pessoa. A Parapsicologia Sistêmica se concentra em analisar como essas dinâmicas familiares ocultas podem influenciar a vida de uma pessoa e trazer problemas, como doenças, fracassos e conflitos internos. A Percepção Sistêmica é uma faculdade extrassensorial desenvolvida pelo Parapsicólogo Sistêmico, que acessa informações provenientes de um Campo Informacional Familiar (morfogenético) de uma pessoa específica.

De acordo com Ruper Shaldrake, todas as informações vividas por tudo e todos ficam armazenadas no espaço que nos permeia e estão disponíveis para serem acessadas através da percepção sistêmica. Essas informações tendem a moldar aqueles que vêm depois com a forma já pré-existente, em vez de criar uma nova forma para cada novo indivíduo.

Rupert Shaldrake

É importante compreender a diferença entre esses termos para obter uma compreensão mais profunda dos fenômenos paranormais e encontrar soluções de cura para problemas relacionados. A Parapsicologia Sistêmica e a Percepção Sistêmica podem ser ferramentas poderosas para analisar as dinâmicas familiares ocultas e ajudar a resolver problemas que afetam a vida de uma pessoa.

Perguntas frequentes:

O que é ocultismo e paranormalidade?

O ocultismo é a crença na ação ou influência dos poderes sobrenaturais ou supranormais. Já a paranormalidade descreve uma série de fenômenos que supostamente são alheios ao conhecimento científico, e que são definidos como fenômenos paranormais – PSI.

Paranormalidade e Parapsicologia são a mesma coisa?

Não. A Parapsicologia pode ser definida como sendo a ciência que investiga a consciência e a evolução do ser sob os aspectos integrais, que se referem aos atributos ou qualidades do ser: o amor, a ética cósmica maior, os relacionamentos evolutivos, as pendências e tudo o que engloba o ser integral. O objeto da Parapsicologia é a comprovação e a análise dos fenômenos paranormais, à primeira vista inexplicáveis, mas que apresentam a possibilidade de serem resultados das faculdades humanas.

O que é Parapsicologia Sistêmica?

Quando olhamos para a paranormalidade sob a ótica da Parapsicologia Sistêmica (Terapia sistêmica), podemos ver que esses fenômenos poderão estar relacionados com as dinâmicas familiares ocultas vividas por antepassados de uma família. Em muitos casos, isto traz para vida de uma pessoa emaranhados, intricamentos e identificações (ressonância limitante), e que vão produzir doenças, fracassos e conflitos internos. Em outros casos, as dinâmicas familiares ocultas poderão trazer sistemas de crenças e padrões comportamentais que se repetem ao longo da vida (ocultismo), e que são passados para outras gerações.

Como a Parapsicologia Sistêmica pode ajudar em problemas relacionados a ocultismo e paranormalidade?

Ao estudar o ocultismo e a paranormalidade através da Parapsicologia Sistêmica, é possível obter uma compreensão mais profunda sobre esses fenômenos e, mais importante, é possível encontrar soluções de cura para problemas relacionados.

O que é Percepção Sistêmica?

A Percepção Sistêmica é primordial no trabalho do Parapsicólogo Sistêmico. Podemos definir a Percepção Sistêmica, como sendo a faculdade extrassensorial desenvolvida pelo Parapsicólogo Sistêmico, onde ele acessa informações provenientes de um Campo Informacional Familiar (morfogenético) de uma pessoa específica.

O que é Campo Morfogenético?

De acordo com o cientista inglês Ruper Shaldrake, no espaço que nos permeia ficam armazenadas todas as informações vividas por tudo e todos, e estão disponíveis para serem acessadas através da percepção sistêmica. E essas informações, na maioria das vezes, tendem a “moldar” aqueles que vêm depois com a “forma” já pré-existente, em vez de criar uma nova “forma” para cada novo indivíduo

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

plugins premium WordPress
Instituto de Visão Sistêmica Namaskar

Formação Unificada

Preencha o formulário para receber receber o

contato da nossa equipe

Fale conosco!
Sim!
Olá👋🙂
Gostaria receber informações sobre nossas formações, cursos, eventos e outros assuntos?