Seja um profissional
de Constelação Familiar Sistêmica

Estude na melhor escola de

visão sistêmica do Brasil: INSTITUTO NAMASKAR

Principais facilitadores: Professores Euclides de Almeida e Juliana Vargas

Uma das profissões que mais cresce no Brasil

“A Constelação Familiar Sistêmica mais que uma técnica ou um método, é um caminho de transição, que proporciona uma nova tomada de consciência libertadora e liberadora. Assim, a vida flui com mais saúde, harmonia nos relacionamentos, alegria e sucesso.”

FORMAÇÃO INOVADORA QUE APRESENTA TRÊS PILARES:

1º- Toda teoria em sintonia com os conhecimentos de Bert Hellinger e seus seguidores, apresentando o movimento das Novas Constelações.

2º- Processos vivenciais que proporcionam uma nova tomada de consciência, que gera uma Cura Coletiva Familiar.

3º- Os dois últimos encontros são destinados a supervisão das práticas em Constelação, que proporciona ao aluno ao final do curso, segurança e capacitação para realizar as suas primeiras constelações.

Uma profissão onde o propósito é SERVIR A VIDA, e em consequência, proporcionará excelentes ganhos financeiros. 

Esta é sua oportunidade

Certificado

A formação poderá ser feita  em três níveis de certificações;

1º- PÓS-GRADUAÇÃO reconhecida pelo MEC (Portaria nº 011 de 2021). Para aqueles com graduação completa em qualquer área.

2º- APERFEIÇOAMENTO ACADÊMICO. Ensino médio completo.

3º- QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL DE NÍVEL MÉDIO. Ensino médio incompleto.

Materiais didáticos

Apostila gratuita inclusa na formação.

Indicação de livros, filmes e documentários, a fim de otimizar toda a formação.

Formação Acelerada

  • 08 encontros de aulas presenciais ou ON LINE e AO VIVO.
  • Encontros de aulas em um final de semana ao mês (sábado e domingo) no período máximo de 13 meses, dependendo do calendário prévio fornecido pela  Escola.

 

 

Tenha o seu diploma de pós graduação em constelação familiar sistêmica e seja um profissional diferenciado em sua cidade

Este mercado está apenas começando, aproveite o melhor momento para realizar a sua formação, Agora!

  • A Constelação Familiar Sistêmica está autorizada, através da Portaria nº 702 do Ministério da Saúde, definida como Prática Integrativa.
  • A Constelação Familiar Sistêmica vem crescendo junto aos operadores do Direito. Isto foi possível, através da Resolução nº 125 do Conselho Nacional de Justiça, que define a Política Judiciária Nacional de tratamento adequado dos conflitos de interesses no âmbito do Poder Judiciário.

O que você vai aprender na formação

A Constelação Familiar Sistêmica não é uma ciência, é uma filosofia com abordagem terapêutica, mas que utiliza diversas teses científicas para embasar sua atuação.

A Constelação Familiar Sistêmica é um caminho de transição que conduz ao um novo nível de consciência. Uma filosofia que possui uma abordagem terapêutica, que visa trazer à luz o que está oculto nos relacionamentos familiares (dinâmicas familiares ocultas) e interpessoais.

Este método coloca em evidência a conexão profunda que temos com a nossa família, em uma ou mais gerações.

De maneira extensiva, a Constelação também é chamada de Sistêmica no sentido de ampliar o escopo de análise: não só as famílias podem ser analisadas, como outros sistemas interpessoais de relacionamentos (amigos, colegas de trabalho, empresas e etc.).

A Constelação traz à tona os vínculos de amor e lealdade que podem estar emaranhados nos nossos destinos.

Em uma sessão podem-se trabalhar os problemas familiares, transformando o “amor que adoece” em “amor que cura”. Quando a família provoca doenças é porque atuam destinos dentro dela que influenciam a todos. E, se algo de grave aconteceu numa família, isso pode prevalecer ao longo de gerações, o que demanda uma necessidade de compensação.

O sistema familiar tem uma força tão grande (que advém do afeto entre seus membros): quando aprendemos a usar esta força para restaurar a ordem, podemos mudar um destino negativo.

As Constelações Familiares são uma inovadora abordagem psicoterapêutica que promove a identificação das “Ordens do Amor” (Pertencimento, hierarquia e equilíbrio), pondo em evidência os profundos laços que unem uma pessoa à sua família, inclusive às gerações mais longínquas.

A tese desenvolvida e percebida pelo seu criador Bert Hellinger, é que estes laços são de tal maneira poderosos que, quando membros de uma dada geração deixam situações por resolver, membros das gerações posteriores serão forçados a sua resolução, permanecendo prisioneiros de fatos pelos quais não tem relação alguma ou são responsáveis.

A aplicação do método da constelação familiar se baseia no uso de representantes neutros para representar membros da família ou grupo social, com a finalidade de trabalhar uma questão específica que foi escolhida pelo paciente.

Bert Hellinger identificou 3 leis que atuam nas relações de família, que podem se estender a outros vínculos humanos, como comunidades, empresas, instituições, grupos de amigos, equipes de trabalho etc.:

  • O pertencimento, em suma, as raízes e os vínculos.
  • A hierarquia, que é definida pela ordem de chegada.
  • O equilíbrio, que é a equidade, senso de justiça e equivalência nas trocas em geral (relacionamentos).

Quando estas leis são violadas, surgem compensações, que atuam em outras pessoas da mesma família, independentemente da cronologia, pois isto pode afetar não só outros membros atuais daquele grupo, mas também afetar quem não havia nascido quando o problema se iniciou.

Por exemplo, o rompimento do Equilíbrio em um casal pode ficar presente como memória neste casal e, inconsciente, os atos e palavras desse casal podem afetar a forma como os filhos (ainda nem nascidos) vão encarar as relações afetivas.

Graças à representação, o cliente (por vezes também chamado de consulente ou constelado) pode perceber:

  1. para onde olha o seu amor,
  2. como tais leis podem ser novamente aplicadas e,
  3. compreender o próximo passo (uma ação ou uma mudança de entendimento) para superar a dor para si e para outros.

A partir dos pontos 1 e 2 acima, o cliente poderá enxergar o próximo passo (ponto 3, acima) para deixar de uma maneira menos dolorosa a questão que lhe traz dor e problemas.

O cliente realiza a reconstrução imaginária de sua árvore genealógica, o que permite localizar e remover bloqueios do fluxo amoroso de qualquer geração ou membro da família.

Muitas dificuldades pessoais, assim como os problemas de relacionamento, são resultado de confusões nos sistemas familiares.

Esta confusão ocorre quando uma pessoa incorpora o destino de outra pessoa da família viva ou que já viveu no passado, sem estar consciente disto, resultando em atos que levam a repetir o destino dos membros familiares que foram excluídos, esquecidos ou não reconhecidos no lugar que pertencia a eles.

A Constelação Familiar é uma abordagem terapêutica que visa trazer à luz o que está oculto nos relacionamentos familiares (dinâmicas familiares ocultas) e interpessoais.

Este método coloca em evidência a conexão profunda que temos com a nossa família, em uma ou mais gerações.

De maneira extensiva, a Constelação também é chamada de Sistêmica no sentido de ampliar o escopo de análise: não só as famílias podem ser analisadas, como outros sistemas interpessoais de relacionamentos (amigos, colegas de trabalho, empresas e etc.).

A Constelação traz à tona os vínculos de amor e lealdade que podem estar emaranhados nos nossos destinos.

Em uma sessão podem-se trabalhar os problemas familiares, transformando o “amor que adoece” em “amor que cura”. Quando a família provoca doenças é porque atuam destinos dentro dela que influenciam a todos. E, se algo de grave aconteceu numa família, isso pode prevalecer ao longo de gerações, o que demanda uma necessidade de compensação.

O sistema familiar tem uma força tão grande (que advém do afeto entre seus membros): quando aprendemos a usar esta força para restaurar a ordem, podemos mudar um destino negativo.

As Constelações Familiares são uma inovadora abordagem psicoterapêutica que promove a identificação das “Ordens do Amor”, pondo em evidência os profundos laços que unem uma pessoa à sua família, inclusive às gerações mais longínquas.

A tese de Hellinger é que estes laços são de tal maneira poderosos que, quando membros de uma dada geração deixam situações por resolver, membros das gerações posteriores serão forçados a sua resolução, permanecendo prisioneiros de fatos pelos quais não tem relação alguma ou são responsáveis.

Mas, como entender essa hereditariedade?

Pelo lado místico: trata-se de um lado mais rejeitado pela academia, que pressupõe que a memória seja “transmitida” como um “karma” de uma linha de parentesco;

Pela atuação inconsciente: os membros mais antigos (que vivenciaram o problema ou “trauma”) são afetados pelo evento, o que afeta seu inconsciente, fortalecendo uma amargura diante da vida ou outros comportamentos que acabam afetando os membros mais novos, que muitas vezes sequer sabem do evento primitivo.

De toda forma, o evento traumático gera um “clima familiar” (ou organizacional etc.) prejudicial, visto como um “sintoma”, que só poderá ser tratado quando identificadas as causas.

De toda forma, podemos dizer que exista uma transmissão transgeracional dos problemas familiares que cria uma cadeia de destinos trágicos.

No entanto, este amor capaz de criar sofrimento é o mesmo que traz consigo a sabedoria da solução, logo que se torna consciente ao emergir no decurso da configuração de uma Constelação Familiar, desde que os agentes estejam dispostos à reconciliação e ao amor.

Uma fala que, ao fim de uma constelação, sugere um desfecho favorável, no sentido do que dissemos no parágrafo anterior: “Agora compreendo um pouco das razões por meu pai ter agido assim; de certa forma, ele tinha suas razões, e sinto que que preciso entendê-lo e perdoá-lo”.

Primeira parte: “Agora compreendo que…” (entendimento); “… e sinto que…” (ação ou mudança de paradigma mental).

Para a teoria da Constelação familiar, a maior parte das angústias pessoais, assim como os problemas nos relacionamentos, são resultado de confusões nos sistemas familiares, que ocorrem quando incorporamos em nossa vida o destino de outra pessoa viva ou que já viveu no passado.

A pessoa pode querer, inconscientemente, suprir uma falta, um desprezo ou uma violência do passado. Para isso, ela pode assumir o lugar da figura omissa ou agressora. Isso pode ser feito:

Por semelhança: repetindo comportamento, pensamentos e falas, ou;

Por oposição: buscando “redimir” o antepassado com atos opostos aos deles.

Ambos os caminhos podem ser dolorosos:

Pela semelhança, o membro mais novo vai repetir o círculo vicioso de males.

Ex.: O membro pode querer repetir o contexto de omissão ou agressão contra seus descendentes, por achar que tal comportamento é “normal”;

Pela oposição, o membro mais novo vai introjetar a culpa e vai exercer sobre si uma cobrança excessiva por ser bom, ou por fazer aquilo que seu antecessor não o fez.

Ex.: O membro cujo pai foi negligente pode acabar sendo superprotetor, ou recair em excesso de trabalho na visão de que, assim, suprirá seus descendentes com os bens materiais que lhe faltaram.

Por esses caminhos, podemos acabar por repetir o destino dos membros familiares que foram excluídos, esquecidos ou não reconhecidos no lugar que pertencia a eles.

A técnica criada por Bert Hellinger baseia-se em “Esculturas Vivas”, compreendendo e reconstruindo:

A árvore genealógica: os constelados revisitam seus antepassados;

A topografia familiar: os constelados visualizam o “lugar” de cada um (se é um lugar de proximidade ou distância, de convergência ou afastamento etc.).

Eles podem localizar e remover bloqueios do fluxo amoroso de qualquer geração ou membro da família, para que se encontre a harmonia entre as pessoas ou situações.

Por exemplo, identificando um conflito entre avós, esse conflito pode ser desemaranhado, mesmo os avós não estando mais vivos. Isso é possível porque, ao indivíduo, o que contam são as narrativas: as construções simbólicas que podem ser reescritas (uma vez compreendidas as razões dos antecessores).

As constelações familiares são criadas por uma “distribuição” em uma “cena” de um conjunto de pessoas, que representam papeis dos membros da família e recriam uma situação a resolver. O objetivo é que a “cena” ajude o paciente a visualizar as origens dos conflitos e, assim, ele poderá encontrar as respostas aos problemas com que se debate.

Numa constelação, o cliente ou consulente tem a oportunidade de conhecer a “imagem interior” que faz sobre sua família (de origem ou atual) ou outro agrupamento social sob análise. Para isso, o cliente escolhe para si e para sua família as pessoas do grupo de trabalho (os convidados para participar de uma oficina de constelação) para serem representantes, no lugar dos membros familiares reais.

Então, o cliente posiciona essas pessoas umas em relação às outras como ele sente que elas estão ou estiveram. Trata-se de escolha exclusiva do cliente, da forma como ela considera mais fidedigna à sua intuição.

Desta forma, o cliente recria uma constelação de acordo com a sua “imagem interior”, para que consiga ver e sentir aquilo que está errado nos relacionamentos e dessa forma se encontre a melhor solução.

Frequentemente, a pessoa procura dentro de si ou nos outros a razão dos seus problemas ou doenças (terapia), mas muitas das vezes sem a encontrar. As constelações familiares mostram-nos que muitos dos nossos problemas físicos e emocionais não têm origem em nós, mas sim em situações que existem ou que existiram na nossa família e de que muitas vezes nem temos conhecimento.

Por vezes, o trabalho da constelação é muito rápido, conseguindo um avanço extraordinário em uma única sessão, isso graças à compreensão, pelo cliente, desses elos com o passado: ao tomar consciência desses elos, rompem-se com as causas de muitos dos nossos problemas e infelicidades.

A constelação familiar sistêmica, possui bases cientificas proveniente de outras ciências, mas não é um processo cientifico. A ciência serve para explicar outros fenômenos, mas não as relações humanas.

Como principais bases científicas podemos citar: As pesquisas relacionadas aos Campos Morfogenéticos de Rupert Sheldrake, A Nova Biologia, Física Quântica e as pesquisas do DNA Holográfico de Gariaevi.

Um método cientifico criado pelo filósofo René Descarte, trata-se de um conjunto de regras para obtenção de um conhecimento durante a investigação científica. É pelas etapas seguidas que se cria um padrão no desenvolvimento da pesquisa, onde o pesquisador formula uma teoria para o fenômeno observado.

O método cartesiano exclui a influência daquele que está observando. Isto serve para coisas, mas não serve para as relações humanas que são vistas através da Constelação Familiar Sistêmica.

Os medos, intenções, convicções previas nos impedem de perceber a realidade relacional entre as pessoas que aparecem no trabalho realizado pela Constelação Familiar Sistêmica.

Na ciência precisamos ter uma hipótese preconcebida para buscar a confirmação do fenômeno. Nas constelações sistêmicas precisamos estar totalmente vazios, sem qualquer hipótese.

  • Pessoas que pretendam mudar para uma nova de profissão na área de terapias sistêmica e que proporcione excelentes ganhos financeiros.
  • Profissionais de terapias diversas, psicólogos, consultores organizacionais de áreas de desenvolvimento humano como: saúde, educação, assistência social e recursos humanos.
  • Especialistas em gestão de pessoas e de organizações ou CEO – Chief Executive Officer (Diretor Executivo).
  • Profissionais que querem complementar seus conhecimentos e iniciar uma nova jornada (carreira) no campo do cuidado com o ser ou em consultoria sistêmica.
  • Operadores do Direito: Juízes, Promotores, Procuradores, Advogados, Servidores da Justiça, Servidores das Promotorias Estadual e Federal, Servidores da Justiça Federal e Estadual, Servidores de Organizações Policiais e Mediadores de Justiça que desejam conhecer mais como se processa os relacionamentos humanos através da visão sistêmica, sejam a nível de conflitos, doenças físicas, comportamentais e emocionais. Além de tudo aquilo que chega ao indivíduo, através de um campo informacional (Ressonância Familiar).

Pessoas que buscam ampliar o autoconhecimento e o equilíbrio psicoemocional, tendo como base o pensamento sistêmico.

  1. Aulas presenciais ou AO VIVO e ON LINE.
  2. Aulas virtualizadas (gravadas) com conteúdo extra (bônus).
  3. Aulas supervisionadas dentro das dependências do Instituto.
  4. Leitura obrigatória de 06 livros com apresentação da respectiva resenha
  5. Sugestão de livros e vídeos.
  6. Obrigatoriedade do cumprimento de 54h relacionados a Eventos disponibilizados pelo Instituto Namaskar.
  7. Apostila inclusa (gratuita) fornecida pela escola
  • A formação em nível de Pós-Graduação ou Aperfeiçoamento Acadêmico em Constelação Familiar Sistêmica será realizada em 08 módulos (encontros de aulas). Os encontros de aulas serão mensais (01 encontro de aula por mês), que serão realizadas no período máximo de 13 meses, conforme a descrição do conteúdo dos módulos, que segue abaixo:

     

  • 1º ENCONTRO (MÓDULO) – BASES DAS CONSTELAÇÕES FAMILIARES SISTÊMICAS:

    • Sobre Bert Hellinger
    • A Evolução das Constelações.
    • Bases Científicas: Campos Morfogenéticos, Nova Biologia, Física Quântica e outras ciências.
    • A Alma e seus movimentos
    • As ordens do amor (As leis do amor na constelação familiar)
    • 1º Lei: Pertinência/Vínculo
    • 2º Lei: Hierarquia/Ordem
    • 3º Lei: Dar e receber
    • Tipos de consciência
    • Culpa e inocência
    • Postura fenomenológica sistêmica e centramento
    • Ordens da ajuda
    • Na apresentação do conteúdo deste módulo serão realizadas práticas e vivências em Meditação Guiada, exercícios e percepções sistêmicas.

     

     

    2º ENCONTRO (MÓDULO) – FAMÍLIA DE ORIGEM:

    • Pertencimento
    • Amor infantil
    • O papel da mãe
    • O papel do pai
    • O lugar dos filhos e a ordem dos irmãos
    • Movimento interrompido
    • Adoção
    • Tomar e Honrar os pais
    • Na apresentação do conteúdo deste módulo serão realizadas práticas e vivências em Meditação Guiada, exercícios e percepções sistêmicas.

     

    3º ENCONTRO (MÓDULO) – FAMÍLIA ATUAL:

    • O masculino e o feminino
    • O dar e tomar no relacionamento de casal
    • Filhinha do Papai e Filhinho da Mamãe
    • Amor à primeira vista e amor à segunda vista
    • Anima e Animus
    • Sexualidade
    • Homossexualidade
    • O vínculo com Família de Origem
    • Os relacionamentos anteriores
    • Na apresentação do conteúdo deste módulo serão realizadas práticas e vivências em Meditação Guiada, exercícios e percepções sistêmicas.

     

    4º ENCONTRO (MÓDULO) – PROFISSÃO E CONSTELAÇÕES ORGANIZACIONAIS:

    • Os 3 êxitos
    • O sucesso e os pais
    • Profissão e serviço – servir e merecer
    • O vínculo com empregos anteriores
    • O dinheiro
    • A terra natal
    • As raízes e o lugar da empresa
    • A hierarquia
    • A memória dos cargos
    • A liderança saudável
    • Sociedade
    • Relacionamentos dentro da empresa
    • Empresas familiares e sucessão
    • Na apresentação do conteúdo deste módulo serão realizadas práticas e vivências em Meditação Guiada, exercícios e percepções sistêmicas.

     

    5º ENCONTRO (MÓDULO) – SAÚDE SISTÊMICA

    • O corpo, a alma e o “eu”.
    • Vida e morte: acidentes graves, assassinatos e suicídios
    • A família e a doença: a atuação dos vínculos, amor infantil, a expiação
    • Dinâmica familiar em Psicoses
    • O respeito ao destino difícil
    • Na apresentação do conteúdo deste módulo serão realizadas práticas e vivências em Meditação Guiada, exercícios e percepções sistêmicas.
    • As leis biológicas e a origem emocional das doenças conforme a Nova Medicina do Dr. Hamer.

    .           Na apresentação do conteúdo deste módulo serão realizadas práticas e vivências em Meditação Guiada, exercícios e percepções sistêmicas

     

    6º ENCONTRO (MÓDULO)

    • INTRODUÇÃO AO DIREITO SISTÊMICO:
    • História e Definição
    • Magistrado Sami Storch – Pioneiro
    • Resolução nº 125 do Conselho Nacional de Justiça – A Construção de um Cenário Pacificador e Humanizado pelo Poder Judiciário
    • Um novo olhar para os conflitos
    • A postura Sistêmica desenvolvida na Advocacia Sistêmica e pelos demais Construtores do Direito
    • Onde a Postura Sistêmica pode ser aplicada no Direito: União Conjugal, Dissolução Conjugal, A Situação dos Filhos Menores após a Dissolução Conjugal, A Alienação Parental e Adoção e na área do Direito Penal e outros

     

    • PEDAGOGIA SISTÊMICA:
    • Histórico

    .           Princípios

    .           As Leis Sistêmicas na Pedagogia (Hieraquia, Pertencimento e Equilíbrio)

    .           O lugar do Pedagógo

    .        Professores a serviço dos pais

    .           Aliança contra os pais

    .           Pena das crianças

    .           Lealdade das crianças

    .           O abandono das crenças e o não julgamento

    .           A importância de estar no seu lugar

    • Na apresentação do conteúdo deste módulo serão realizadas práticas e vivências em: Meditação Guiada, exercícios e percepções sistêmicas.

     

    • CONSTELAÇÃO FAMILIAR COM FIGURAS DE BONECOS – ATENDIMENTO INDIVIDUAL

    .           Princípios

    .      Postura do constelador

    .        A importância do centramento

    .        A prática do atendimento.

     

    7º ENCONTRO (MÓDULO) – COMEÇANDO A CONSTELAR E SUPERVISÃO

    • Como começar a constelar
    • A presença do constelador
    • Sintonia com o grupo
    • Postura de ajudador
    • A essência do tema a ser constelado
    • Frases de solução
    • Movimentos nas constelações e os 3 rituais
    • O centramento
    • Conexão com nosso Guia Interior
    • O poder dos contos
    • Ancoragens
    • O momento de interromper as constelações
    • Orientações ao cliente
    • Início do Estágio Supervisionado – Começando a Constelar.
    • Na apresentação do conteúdo deste módulo serão realizadas práticas e vivências em: Meditação Guiada, exercícios e percepções sistêmicas.

     

    8º ENCONTRO (MÓDULO) – SUPERVISÃO

    • Prática de Constelação Familiar em Grupo.
    • FECHAMENTO: Colocações sobre as mudanças na vida desde o início da formação.
  1. AULAS PRESENCIAIS OU ON LINE E AO VIVO (160 horas)
  2. ATIVIDADES OBRIGATÓRIAS JUNTO AO INSTITUTO (54 horas)
  3. PESQUISA – RESENHAS – ESTUDO DIRIGIDO (146horas)
  4. TOTAL DE HORAS DE TODA A FORMAÇÃO (360 Horas)
  1. Entrega 06 resenhas referentes a leitura de livros.
  2. Cumprimento de 54h de atividades relacionadas à Constelação Familiar Sistêmica, realizadas exclusivamente junto ao Instituto Namaskar.
  3. Entrega do Trabalho de Conclusão de Curso – Artigo Científico
  4. Presença em todos os 08 encontros de aulas
  5. Cumprimento do Contrato de Ensino

As atividades acontecem em apenas um final de semana por mês, junto as dependências do Instituto Namaskar, nos seguintes horários:

  • Sábado: 8h às 12h – intervalo para almoço – 13h30 às 17h30.
  • Domingo: 8h às 12h – intervalo para almoço – 13h30 às 17h30.
  • Haverá ainda dois intervalos de 15 minutos pela manhã e à tarde nos dias de aula (sábado e domingo) para que os alunos possam desfrutar de um coffebreak (cortesia) oferecido gratuitamente pela Instituição.

Bônus

Além da formação você ainda recebe os seguintes benefícios

Veja o que os nossos alunos estão dizendo

5/5

Seja o próximo aluno a dar o seu depoimento, Realize a sua matrícula ainda hoje

Namaskar

Instituto de Visão Sistêmica

Matrícula + 15x de

R$ 667,90

Ou R$8.791,20 à vista com 12% de desconto

Com quem você vai aprender

Euclides Almeida

Diretor do Instituto Namaskar

  • Graduação: Bacharel em Direito e Pós-Graduação em Constelação Sistêmica Integrada – Centro de Mediadores Instituição de Ensino.
  • Formação em Trainer Training em PNL pela Sociedade Brasileira de Programação Neurolinguística.
  • Formação Internacional em Hipnoterapia OMNI.
  • Curso de Atualização em Psicopatologia dos Transtornos Mentais. Instituição Margarida Ferreira.
  • Extensão Universitária em Direito Sistêmico pela Hellinger Schule. Formação Clínica: Parapsicologia Clínica, Biopsicologia, Hipnoterapia, Apometria, Terapias de Regressões e Terapia da Alma.
  • Formação em Constelação Familiar Sistêmica no Brasil:

Constelação Familiar Sistêmica e Organizacional – Instituto Ipê Roxo, Constelação Familiar no atendimento Individual com figuras (Bonecos) – Instituto Ipê Roxo, Curso de Exercícios Sistêmicos – Instituto Ipê Roxo, Curso Crescendo com Nossos Relacionamentos – SBDH, Workshop “Sim à Vida: A viagem da Alma” – Facilitador Joan Garriga Barcadí, Introdução à Constelações Familiares – CEDEP e Formação em Constelação Familiar Sistêmica – Instituto Buzzero.

Formação em Constelação Familiar Sistêmica com Instituição com sede na Espanha:

Formação no Instituto de Constelaciones Familiares – Brigitte Champetier de Ribes. Certificação Experto En Nuevas Contelaciones Familiares: Fuerzas y campos colectivos (Iº), Empezar a Constelar (Iº), Taller de Nuevas Constelaciones y Constelaciones Cuánticas, Realización profesional y éxito en la empresa (Iº), Taller de Nuevas Constelaciones Familiares e Supervisión (Iº).

  • Meditação: Instrutor de meditação iniciado em Kriya Yoga pela Instituição Self-Realization Fellowship – USA e Lições (método) de meditação pela Ordem Ananda Marga.

Juliana Vargas

Coordenadora pedagógica e professora

  • Coordenadora de Ensino do Instituto Namaskar- Parapsicologia Sistêmica e Consteladora Familiar Sistêmica.
  • Graduação em Fisioterapia – Fundação Universidade Regional De Blumenau – FURB. Formação no Método Pilates.
  • Parapsicóloga Sistêmica com formação em Hipnoterapia, Terapia Floral, Fitoterapia e Noções de Medicina Oriental, Reiki, Biopsicologia, Magnified Healing e Radiestesia.
  • Formação em Constelação Familiar Sistêmica – Instituto Namaskar, Curso a Violência entre Homens e Mulheres (Instituto de Constelaciones Familiares – Brigitte Champetier de Ribes), Curso As cinco ordens de ajuda (Instituto de Constelaciones Familiares – Brigitte Champetier de Ribes). Facilitadora do Método Procure Cicatrizes (Nova Medicina Germânica, Nova Biologia e Epigenética).

Perguntas Frequentes

A formação tem uma duração de no máximo até 13 meses, podendo ser mais acelerada conforme o calendário disponibilizado em cada turma.

No período das práticas clínicas disponibilizado pela escola, aluno será solicitado a começar a realizar seus primeiros atendimentos terapêuticos.

No período das práticas clínicas disponibilizado pela escola, aluno será solicitado a começar a realizar seus primeiros atendimentos terapêuticos.

Não é necessário nenhuma formação previa, porem a certificação estará vinculada ao nível de escolaridade do aluno, sendo:

  • Ensino médio incompleto: Certificação em nível de qualificação profissional de nivel básico
  • Ensino médio completo: Aperfeiçoamento academico
  • Qualquer graduação superior: Pós graduação

Sim, Além de presencial o aluno pode participar de forma online(ao vivo), assistindo as aulas que são transmitidas ao vivo por streaming.

Entre em contato

Temos uma equipe comprometida em prestar o melhor atendimento para você. venha para a melhor escola de Visão Sistêmica do Brasil, Instituto Namaskar

Siga nossas redes sociais

Instituto de Visão Sistêmica Namaskar©. Todos os direitos reservados